» » Como comprar portas corta-fogo

Como comprar portas corta-fogo

postado em: Notícias | 0
Como comprar portas corta-fogo
Como comprar portas corta-fogo

Por determinação do corpo de bombeiros, só podem ser comercializadas portas corta-fogo com desempenho comprovado em ensaios reconhecidos pelo IPT.

Especificação: as portas corta-fogo são divididas em classes de acordo com o tempo que cada uma mantém a integridade durante um incêndio: 30, 60 ou 90 minutos. Assim, são chamadas, respectivamente, de P30, P60 e P90. Essas portas são consideradas leves e podem ser utilizadas em edifícios multifamiliares ou comerciais (nos quais se enquadram, além de edifícios de escritórios, casas de shows e shoppings).

A aplicação mais comum é nas saídas de emergência, com o objetivo de isolar a escada de incêndio ou a área de fuga. Também devem ser usadas na entrada de casa de máquinas, de elevadores, salas de distribuição de energia, casa de bombas, entre outros.

As portas industriais têm resistência maior e são classificadas como P120, P180 e P240 (esses números representam o tempo, em minutos, que mantêm a integridade em um incêndio). Essas portas são apropriadas para cobrir grandes vãos – normalmente, mais de 3 m de largura e 2,5 m de altura – por onde há passagem de equipamentos. Em qualquer um dos casos (portas leves ou industriais) é o projeto de incêndio que determina qual porta é a ideal.

Para isso, leva-se em conta, por exemplo, a carga de incêndio a que a edificação está submetida. Tudo de acordo com o código de obras das prefeituras e as instruções técnicas dos bombeiros de cada Estado. Os bombeiros verificam o projeto e, depois de pronto, fazem a vistoria para se certificarem de que a regulamentação foi atendida.

Cotação de preços e fornecedores: o Estado de São Paulo concentra a maioria dos fabricantes de portas corta-fogo, tanto das leves quanto industriais. A explicação para isso é o grande número de edifícios construídos e em construção. As regiões Sul e Nordeste também possuem fábricas, principalmente de portas leves. A distribuição é feita pelos fabricantes, que, normalmente, atendem a todo o Brasil. As portas-padrão são mais baratas do que as feitas por encomenda.

Condições de pagamento: para pedidos pequenos (até dez portas) o prazo de pagamento pode ser de 28 dias, a partir da data de entrega. Pedidos maiores podem ser parcelados em duas vezes (28 e 40 dias, 28 e 45 dias e até 28 e 56 dias).

Prazo de entrega: portas-padrão têm prazo de três a dez dias para serem entregues. Já as feitas sob encomenda demoram de cinco a 15 dias. Quando o cliente está fora do Estado, a entrega irá depender da região, pois o produto é entregue por uma transportadora. Se sair de São Paulo, por exemplo, uma peça demora cerca de três dias para chegar ao Mato Grosso, cinco dias para o Nordeste e até 15 dias para a região Norte.

Forma de entrega: se entregue na mesma cidade em que foi fabricada, a porta não é embalada. Se necessitar de transporte de longa distância, deve ser protegida por papelão ou plástico bolha, para evitar contato com a umidade. Embora confeccionadas com chapas de aço galvanizado, as portas corta-fogo são internamente frágeis. Por isso, devem ficar armazenadas em locais limpos e secos, fora do alcance de intempéries e umidade. Devem acompanhar as portas um manual de instruções, que indica como armazenar, instalar e fazer as manutenções.

Requisitos de qualidade: dois organismos certificam o produto: a ABNT e o DNV. O fabricante pode escolher entre um dos dois, mas todos têm de ter a marca de conformidade. As portas leves devem ser ensaiadas pelo IPT, que verifica as resistências ao fogo e mecânica. Os ensaios são periódicos, com acompanhamento e vistorias nas empresas. Todas as portas devem possuir o selo de conformidade (metálico) fixado na borda da porta, com a identificação do fabricante.

Normas Técnicas

NBR 6479 – Portas e vedadores – Determinação da resistência ao fogo
NBR 9077 – Saídas de emergência em edifícios
NBR 11711 – Portas e vedadores corta-fogo com núcleo de madeira para isolamento de riscos em ambientes comerciais e industriais
NBR 11742 – Porta corta-fogo para saída de emergência – Especificação
NBR 13768 – Acessórios destinados à porta corta-fogo para saída de emergência – Requisitos

CONHEÇA A LINHA DE PORTAS CORTA-FOGO DA DM2

Comentários estão fechados.